Obrazy na stronie
PDF
ePub

a perpetuidade, e immutabilidade da doutrina de Jesus Christo. Naõ podemos duvidar, diz Mr. Bergier, da sabedoria , e da solidefc deste plano divino, quando vemos, ha mais de 18 seculos -a Igreja Christan sempre atacada, e sempre firme em sua defeza, igualmente fiel em professar., e em transmittir sua crença , em condemnar os erros , e em arremeçar de seo seio os novadores teimosos. Dez, ou doze heresias principaes , que tem viciado uma parte de seos filhos , naõ a fizeram recuar um passo. A Igreja de Jesus Christo não usurpou este privilegio da infallibilidade , recebeo-o de Jesus Christo; e sem este privilegio não subsistiria, ha muito tempo. Se este divino Fundador não tivesse cumprido a promessa , que tinha feito, de fundar sua Igreja sobre a pedra firme, mil vezes as portas do Inferno teriam prevalecido contra cila. (Math. c. 16 v. 18) Uma doutrina revelada , e mysteriosa, uma moral austera, contra a qual as paixoens não cessam de lutar; um culto.puro, que a superstição procura infeccionar, e que a impiedade quereria destruir , não podiam eonservar-se , senão por uma providencia singular, e um continuado milagre.

CAPITULO 6 «

Ha< autenticidade dos livros do Velho Testamento.

48'. Todos os povos litteratos chamam livros sagrados aquelles, que contém os objectos, e tituleis de sua crença. He natural o respeito para f aes obras , que se julgam emanadas da Divindade. Uma vez persuadidos de que certos homens foram enviados por Deos, para annunciar suas vontades , . c prescrever-nos a maneira, com que quer ser adorado, devemos concluir , que Deos não permittirájamais, que estes homens ensinem o erro, aliás armaria Deas um laço inevitavel \é. fraqueza humana :. he conseguintemente uma obrigação racionavel, o olhar estes livros, como a palavra do mesmo Deos, como. regra da nossa fé, e da condueta, que deve segui Pi Toda a questão se reduz a saber se estes homens foram , ou não enviados de Deos, e se tem apresentado os verdadeiros signaes do uma missão divina. Tendo nos provado (45.) que a Religião Christan he a unica verdadeira Religião, segue-se, qHe todas as mais Religioens são falsas, e que os livros, que encerram sua doutrina, e os objectos de sua crença., de nenhuma sorte podiam emanar de Deos, e são um mero parto do engenho dos impostores. Taes são os livros sagrados dos Chinas , dos índios, Parsis , e Mahometanos: alem de que, depois que foram traduzidos, e lidos pelos sabios da Europa , já são conhecidos os erros monstruosos, contradicçoens, e absurdos , que contém no dogma , e na moral; n'uns se professa o Pantheismo, n'outros o Dualismo, e Sabaismo , ou culto dos astros , n'outros ha o Stoicismo de mistura com a idolatria , .uma - moral imperfeita , e sem motivos , uma duutrina emfim indigna de Deos. No capitulo seguinte mostraremos, que a Religião de Adão, e dos Palriarchas, o Judaismo, e Christianismo, naõ diífcrem essencialmente. A Igreja Catholica Romana reconhece , como Di^ vinos, os livros do Novo Testamento, cuja genuidade, inteireza, e veracidade já demonstramos (cap. 5. c ); e igualmente os do Velho Testamento, -a caber , alei, ou o Pentateuco, que consta de cinco livros,-o Genesis, o Êxodo, o Levitico, os Numeros, e o Deuteronomio; os livros Historicos, Josué, os Juizes , Ruth , os quatro livros dos Reis, 0.9 dous livros do Paralipomenon, os dous de Esdras, Tobias, Judith , Esther , os dous livros dos Mnchabeos; os livros moraes, ou sapienciaes , Job, os Psalmos, os Proverbios, o Ecclesiastes, o Cantico , a Sabedoria, o Ecclesiastico; os quatro Profetas maiores , Isaias, Jeremixs , e Baruçh , Ezechidt Daniel; os doze Profetas menores , Oseas, Joel, Amóz, Jbdias, Jonas, Micheas, JYahum , Habacuc, Sopkonias , Jiggeo , Zacharias , Jilalathias. Nos designios de Deos , o velho Testamento não era mais que um preliminar, ou preparativo do novo , por isso foi mui conveniente , que Deos fizesse escrever suas disposiçoens, condicçoens, e promessas, e nos fossem transmitlidas por Moysés mesmo, e pelos outros homens , que elle tinha escolhido para annunciar sua vontade. He o que Deos fez nos livros mencionados. - •.♦ Estes livros encerram a verdadeira rorigcm do genero humano , e uma infinidade de circunstancias historicas sobre as primeiras idades do mundo , e interessam essencialmente todas as naeoens. Saõ os unicos, que nos ensinam com certeza o nascimento, progressos, diversos periodos da verdadeira Religião, a origem das naçoens antigas, seos costumes, seos usos, a derivaçaõ das lingoas, os diversos estados da Sociedade civil, e das sciencias humanas, &c. A Igreja Catholjca Romana reconhecendo, como divinos estes livros, nada mais faz, que seguir a doutrina de Jesus Christo, e dos Apostolos, que nascidos, e educados no gremio da Religião Judaica , não só acreditaram divinos estes Jivros , que a Igreja dos Judeos reputava , e respeitava , como taes, mas também os citaram neste sentido, e applicaram sua doutrina, como palavra de Deos. Com effeito encontramos allegados no Novo Testamento por Jesus Christo, ou por seos Apostolos, nem menos de dezesete passagens do Genesis, desoito do Êxodo , oito do Levitico,. uma do capit. 9. ° dos JSumeros, vinte e quatro do Deuteronomio, uma do capitulo 1. ° de Josué , uma do capitulo 7. ° do livro-2. c dos Reis, e duas do capitulo 19. ° , e .uma do capit. 5..° de Job; sessenta e quatra dos Psalmos, oito dos Proverbios, sessenta e uma de Isaías , dez de Jeremias, quatro de Ez»~ chiei, uma de Daniel, seis de Oseas, duas de Joel, trez de Jimoz, duas de Jonas, duas de Micheas, uma de Nahum , duas de Habacuc, uma de Jlggeo, cinco da. Zacharias, cinco de Malachias,

Jesus Christo deo um testemunho claro da divindade destes livros , quando declarou aos Judeos, que elle "não vinha annular a lei, e os ,, Profetas, mas sim a cumpri-la, e realisar o „. que nella era figurativo.,, Os eruditos, seguindo Sixto Serense , dividem os livros do velho Testamento em duas classes: na primeira poem os proto-canonicçs, e na segunda os Deutero-canonicos: os primeiros são aquelles, que concordemente- foram sempre respeitados , como divinos , pela Igreja Judaica , e Christan; e são todos os já mencionados, menos os Livros do To

« PoprzedniaDalej »