Obrazy na stronie
PDF
ePub

dieta que demos crer a Deos, que naõ pode enganar-se, nem enganar-nos, mas ponjue o facto da revelaçao he levado a um grán de evidencia moral , que equivale á certeza metaphisica produzida por uma demonstraçãõ: e esta certeza naõ he só para o Clnistaó Sabio: um catholico ignorante , com» já mostrámos ( ), tem.da mesma sorte motivos de fé racionaveis , solidos, e a seo alcance. Para que a fé de um catholico seja realmente fundada na cadea dos factos , e dos motivos, que acabamos de expor, não he necessario que esteja em estado de os por eia ordem, e analysa-los. Um ignorante pode dar tanto a razão de sua humana, como de sua divina, mas nem por isso se segue que sua fé humana não seja certa e racionavtl. Uni Protestante mui sensato disse a cate respeito: ,, l)e,, ve se tomar necessariamente um de dous par., tidos, ou recusar aos simplices toda a segu,, rança racionnvel das verdades, que crem, to,, do o discernimento do que he certo daquillo, ,, que p nno he, ou reconhecer consigo , que ,, muitas veses o espirito está solidamente con-. ,, vencido por um montaõ de razoens, que lhe ,, he impossivel desemaranhar, nem arranjar de ,,' uma maneira distincta , para demonstrar aos ,, outros sua propria persuasaõ. Estes principios, ,, que ferem ás vezes vivamente, ainda que con„ fusamente , o espirito, estabelecem uma crea

,, ja solida naquellcs mesmos, que per não )»•,, der analysalos, quando lhos dizem ; provainos isso, de que estues taõ persuadidos, se re,, (luzem ao silencio. ,, Boulier Traité de certitude morale, c. 8. n. 20. tom 1. p. 271.

[ocr errors]

BAHIA.

tTP. D-A AUROEA DA BAHIA DE M. A. DA 8. SERVA,

Quina opposta á do Aljube n. 6.
IS 10.

jflLAS MATEIIIAS CONTEUDAS NO PRTME1R» E SEGUJt-
DO VOLUMES DESTA OBRA.

Primeiro volume.

[ocr errors]

Capitulo 1.' Do Homem. § 1.° Da espiritua-
lidade da alma 1

§ 2. Da Liberdade 10

§ 3. Da immortalidade da alma 1 !.

§ 4. Corollarios 22

Cep. 2. De Deos. § 1. Da existencia de Deos. 23

§ 2. Dos attributos de Deos metaphisicos. 42

% 3. Dos attributos de Deos rooraes 49

Çap. 3. Da Religião. § 1. Da necessidade, e

existencia de uma Religião 57

§ 2. Da Religião natural 87

§ 3. Da possibilidade, necessidade, e exis-

tencia de uma Revelação 9$

§ 4. Das provas da Revelação 109

§ 5. Dos Mysterios 1U9

Segundo volume.

Çap. 1. Da Religião ChristS. § 1. Da natu-
reza, e doutrina desta Religião 1

§ 2. Da existencia, pregação, e milagres
de Jesus Christo, cm confirmação da
doutrina do christianismo 16

Çap. 2. Dos livros do novo Testamento, e
em especial dos quatro Evangelhos. & 1.

« PoprzedniaDalej »