Obrazy na stronie
PDF
ePub

factos sao conseguintemente incontestaveis. Não obstante porém julgarmos provadas com eviden-, cia para todo o genero de pessoas, estas verdades fundamentaes do Christianismo, só pela tradiccaó oral, accrescentaremos com tudo as provas tiradas da historia , ou tradicção escripta.

CAPITULO 2.0

DOS LIVROS DO NOVO TESTAMENTO, E EM EB:

PECIAL DOS QUATRO EVANGELHOS.

[ocr errors][merged small]

42. Chama-se livro genuino aquelle, quo he realmente obra do Autor , a quem se attribue. A Igreja Catholica Romana venera, como genuinos, os quatro Evangelhos escriptos por S. Matheos, S. João, S. Marcos, e S. Lucas : S. Matheos e S. Joao Apostolos de Jesus Christo; S. Marcos e S. Lucas Discipulos : nað se sabe se estes ultimos foram do numero dos 72 Discipulos, ou se somente foram instruidos pelos Apostolos : igualmente reputa, e tem declarado , como taes, os Actos dos Apostelos, as 14 Epistolas de S. Paulo, uma aos Romanos, duas aos Corinthios, uma aos Galatas, uma aos Ephesia

[ocr errors]

nos, uma aos Philipenses, uma aos. Colossenses , duas, aos Thessalonicenses, duas a. Timotheo, uma . a Tito , . uma a. Philemon, e uma aos Hebreos; a Epistola Catholica de S. Thiugo ; duas de S. Pedro ;. trez do Apostolo e: Evangelista S. Joao,. e a Epistola Catholica de S. Judas , e o Apocalypse de: S. Joâo.

Se o testemunho dos homens litteratos desde Cicero, e Virgilio , . até nosso tempo, nos asseguram da genuidade das obras daquelle Orador, . e deste Poeta Romanus , . que escreveram, ha mais de 1800.: annos , . tambem sobeja para todo o homem de senso q.testemunho de todos os litteratos Christãos Catholicos, e. Heterodo-xos, e de todos os. Concilios compostos de varoens insignes em litteratura, e probidade, que desde o seculo. dos Apóstolos nos affirmam a genuinidade dos quatro Evangelhos, e mais li-, vros do Novo Testamento. Se estes livros fossem apocriphos', teriam tido a sorte dos Evangelhos attribuidos a S. André, . a S. Bartholomeo, S. Pedro, e infinitos outros, .que. a Igreja Catholica desde seo: principio regeitou , como taes , sein que, fosse preciso , .que os incredulos a illustrassem, nesta indagação, e escolha... Porém como alguns modernos incredulos se tem lembrado, de oppor seu juiso neste respeito ao juiso dos sabios : de todo o mundo Christão, e negar a autenticidade dos 4 Evangelhos, demorar-nos

hemos mais um pouco na exposicao desta verdache.

. Ou S. Marcos escrevesse seo Evangelho em Roma, na lingoa Latina, ou na Grega, como querem S. Jeronimo, e S. Agostinho, a qual cra naquelle tempo, lingoa familiarissima aog Romanos, nada faz ao nosso caso. S. Marcos escreveo o seo Evangelho debaixo dos olhos, o segundo as instruccoens de seo Mestre S. Peciro, no anno da éra Christan 44, ou 45. S. Lucas nascido em Antiochia, e convertido por S. Paulo, escrevco em Grego, lingoa taó commum nesta Cidade, como a Syriaca, no anno 53, ou 55 da mesma éra. Julga-se commummente, que S. João compoz seo Evangelho depois que voltou da Ilha de Pathinos no anno 96, ou 98, primeiro do imperio de Trajano, e 65 depois da assensao do Salvador, tendo então este Apostolo quasi 95 annos de idade.

O autografo deste Evangelho conservava-se em Epheso no 7. o seculo, ou ao menos no 4.0, como diz Pedro de Alexandria. Foi traduzido em Syriaco, e a versão Latina remonta á mais alta antiguidade.

S. Matheos escreveo o seo Evangelho no anno S6, (segundo outros 41) trez ou oito annos depois da assensão de Jesus Christo, em um tempo, no qual permanecia recente e viva a memoria dos factos. Foi composto na Palestina , talvez em Jerusalém, na lingua Hebraica, ou Syriaca, vulgar do paiz, e conseguintemente para os Judeos, ou fosso para confirmar na fé os já convertidos; ou para trazer a clla os que ainda o não estavam. O texto original foi logo traduzido no Grego, e a versão Latina tambem he antiquissima. Vê-se pois, que estes quatro Evangelhos são genuinos, 1. pela comparagão destas obras entre si, e com os cutros escriptos do Novo Testamento.

0 Autor dos Actos dos. Apostolos foi de certo companheiro das viagens de S. Paulo; isto se conhece não só pela exactidão, com que as conta ,, mas tambem porque elle se dá por tal. S. Paulo em suas cartas chama-lhe Lucas. Ora no principio dos Actos dos Apostolos S. Lucas diz, que já tinha escripto a historia do que Jesus Christo havia feito, e ensinado - Primum quidem sermonem fecide omnibus, o Theophile, quce cæpit Jesus facere', et docere (Act. c. 1.); e começando o seo Evangelho diz, que outros tinham escripto antes delle - Quoniam quidem multi conati sunt ordinare narrationem , quce in nobis completoe sunt , rerum. (cap. 1.) S. Lucas acaba sua historia no 2. anno da prisão de S. Paulo em Roma; e não faz menção do martyrio de S. Pedro, e de S. Paulo, nem da ruina de Jerusalém. Donde se colhe, que os tres primeiros Evangelhos, assim como os Actos, foram escriptos antes da morte dos. Apostolas , e antes da ruina de Jerusalém no anno 70. As datas, os factos, as circunstancias, e as personagens , tudo se sustenta , apoia, e confirma. E com effeito S. Matheos escreveo, como disse., e attesta toda a antiguidade, em Hebraico, ou Syriaco, mas isto nao tinha lugar, se escrevesse.depois da ruina de Jerusalém, quando os dudeos foram banidos da Palestina, e dispersos., e se viram na necessidade de aprender a lingoa Grega; e este o motivo, porque o Evangelho de S. Martheos foi logo traduzido. Os mesmos testemunhos demostram, que S. Marcos escreveo debaixo dos olhos de S. Pedro, e.este Apostolo foi martyrisado tres. annos antes da ruina de. Jerusalém no imperio de Nero. S. Joaó he evidentemente o unico, que escreveo posteriormente ao saque de Jerusalém, e o seo autografo conservado pelo menos 300 annos na Igreja, que elle fundou , nao deixa a minima duvida de sua autenticidade.

2.0 O estillo destes 4 Evangelhos indica, que foram 4 escriptores Judeos , e testemunhas oculares, ou homens jmmediatamente instruidos por estas testemunhas, que escreveram tao circunstanciadamente as accoens, e os discursos de Jesus Christo, e exbibiram sua doutrina tao fielmente, e tão conforme ao que se refere nas cartas de S. Pedro, S. Paulo, e S. João. A uniformidade dos factos, apesar da variedade da

« PoprzedniaDalej »