Obrazy na stronie
PDF
ePub

S

S. Pedro partio para Antiochia, discorreo pelo Ponto, Norie d'Anatolia, Carmania septenirional, e a que antigamente se chamava Cappadocia, e emfim Roma. S. Paulo passou á parte .central d'Anatolia, Carmania septentrio. nal, aos paizes sitiados a Oest d'Anatolia, a Troade, a parte oriental da Europa, Samothracia, Napoles, Macedonia; em Pbilipos, primeira Cidade deste Reino .convertêo algumas familias; partio daqui para Amphipoli (depois se chamou Christipoli) Apollonia ( Pergo) e Thessalonica, nesta Cidade abraçarão, o Chris. tianismo não só um grande numero de Judeos, e de Gentios, mas entre estes não poucas Se. nhoras da primeira nobreza, (Act. c. 17. v. 4): foi depois á Livadia, e em Athenas converiêo o grande Dionysio, um dos juizes do Areopago, e uma Senhora principal, chainada Damarîs , e outros. Passou á Moréa, e em Corintho Crispo, um dos Chefes da Sinagoga se fez baptizar com toda a sua familia, e uma grande multidão de Corinıbios. Voltou á Asia, e em Epheso não só crerão em Jesus Christo os homens da plebe, mas um tað grande numero dos que faziao profissao de sabedoria, que estes queimáraó publicamente os livros de sua sciencia profana avaliados em cincoenta mil dinheiros, somina exorbitante. (Act. c. 18. v. 8. c. 19. v. 19.)

No espaço de dous annos que S. Paulo se demorou em Epheso todos os habitantes da Asia menor, Judeos e Gentios ouvirão a palavra do Senhor, e o Apostolo teve a consolaeao de os ver quasi todos convertidos. (Act. c. 19. v. 10. e 26.) Na sua chegada a Jerusalem, foi prezo, e conduzido a Roma, onde convoçando logo os principaes entre os Judeos, mui. tos se converterao (Act. c. 28. v. 17.). S. Mathias levou o Ezangelho á Carmania , Mingrelia, e costas do mar Caspio : S. Bartholomeo ao Hindostao, e Armenia maior; aqui converteo o rei Polymio, e 12 cidides. S. Philipe reduzio á fé de Jesus Christo quasi todos os povos, que habitavão as fronteiras meridionaes da Tarlaria Russiana, e voltando daki ao paiz central d'Anatolia inorreo em Hierapole. S. Matheos dirigio-se á Africa central (chamada então Altiopia , hoje Nubia e Abyssinia ) aqui conyerteo o rei, e a rainha, e a maior parte daquelles povos. S. João Evangelista fundou e governou todas as Igrejas da Asia, e a pedido rlos Bispos desta Christandade escreveu o seu Evangelho: morreo em Epheso, tendo sobrevivido a todos os Apostolos. S. Thiago maior levou a Hespanha a luz do Evangelho, S. Pc. dro e S. Paulo aqui mandarão seus discipulos; ontros discipulos do Salvador foram tambein á Lusitania , e estes dous paizes da Europa occidental receberão a Religiao pouco tempo de. pois da ascensão de Jesus Christo. · S. André plantou o Christianismo na Scy. thia Europea ( comprehende hoje a Polonia , Prussiu , Russia, Hungria, foc.), no Epiro , e 'Thracia ( Romania e Bulgaria ) e Achaia (Livadia ); S. Thomé levou o Evangelho ao centro da grande Asia, aos Parthos, Medos, Persas, Hyrcanos, Bactros (provincia de Sigistan na Persia), e ao Hindostio, e foi martyrizado em Calarnina na costa do Coromandel, S. Judas Thadæo pregou emfim no Egypto: S. Simão na Mesopotamia (purte do Diarbek, e Curdistan no centro da Asia ), e ambos foram mariyrizados na Persia. No anno 55 S. Pedro fixou sua sé em Roma, depois de ter or: denado Bispo d'Antiochia a Evodio no anno 57 este Apostolo saio de Roma , e foi á Hespanha, e outros paizes da Europa : neste anno escreveo S. Paulo de Corintho a sua carta aos Romanos, o que prova quanto se tinha aug. mentado a Christandade em Roma, e até na Italia; quando o mesmo Apostolo veio a esta cidade ja foi visitado e consolado em suas cadeas pelos Christãos de Puzzuolo, e os de Roma sairão a recebe-lo em Fossa nuova ( Forum Appii ). (Act. c. 28. v. 14. 15. ) Logo que foi posio em liberdade corrên a Italia prégando o Evangelho : teve muitos proselytos no palacio mesmo dos Cesares ( Philipens. 4. 22. ). Tacito nos conta em seus Annaes l. 15. c 44. que no imperio de Nero, no anno 64 da éra Christan, 30 annos depois da morte do Salvador , foram martyrizados em Roma innumeraveis Christãos: para isto era preciso que uma grande parte dos Romanos tivesse abracado ó Christianismo nes. te anno : S. Pedro, e S. Paulo padeceráo tambem o martyrio nesta perseguição.

Dous annos antes escrevia S. Paulo aos Colossenses (habitantes da Cidade de Chone na Anatolia central), © lhes dizia: “Dou gracas ,, a Deos, e Pai de nosso Senhor Jesus Chris,, to, orando sempre por vós : ouvindo fallar de ,, vossa fé em Christo, e na caridade, que ten.

des para com todos os santos, por amor da », espcranga, que vos está reservada nos Ceos, , a qual recebestes pela palavra da verdade do ,, Evangelho: o qual chegou a vós, assim co, i, ino está, e fructifica , e cresce em todo o „, universo. „ Ad coloss. c. 1. v. 3 &c. ) Nos 28 annos, que se seguirio ao imperio de Nero, no tempo dos Imperadores Galba, Ohio, Vitelio, Vespasiano, e Tito até Domiciano, nao se derramou sangue por motivo de Religiao, .0 Christianisino se estendeo prodigiozamente, e contava em seu seio homens conspicuos em literatura , e nobreza, Cleinente Romano', Ignacio de Antiochia ; Polycarpo de Smirna , Fla. vio Clemente, c Domitilla, sua mulher, parentes chegados do Imperador Domiciano, o Consul Acilio Glabro, e outros Romanos illustres. Domiciano fez a segunda perseguição ao Christianismo, corrêräo por toda a parte rios de sangue, e nesta occasião foi desterrado para Pathmos o Apostolo S. João. Cessou esta persegui. cão no imperio de Nerva, Princepe humano, que succcdeo a Doniiciano, mas sở governou. dous annos. Renovou-se no tempo de Trajano, no anno 104 da era Christan, 71 annos depois da morte do Salvador. Ja então estava tão der. ramada a Religiio Christan, que Plinio o mo. Go, Proconsul da Bythinia (o norte da Auntolin) escreve ao Imperador, consultando-o sobre a conducta, que devia seguir acerca dos que The erão denunciados, como Cbristãos, e lhe diz: “ Pareceo-me coiza mui digna de consul. », lar-vos, principalmente por cauza do aume» ro dos que perigão: porque corre grande ris,, co una multidão de gente de toda a idade, ,, e de toda a condição , e de ambos os sexos. ,, Pois não só nas cidades, mas nas aldeas, e >, campos se tem espalhado o contagio desta sa

perstigão. , Plinio diz mais, que os templos ,, dos Deoses estavão desertos, interrompidas , as solemnidades, e que apenas se achava, a ,, quem verder victimas. , · Seneca contemporaneo dos Apostolos , cuje

« PoprzedniaDalej »