Obrazy na stronie
PDF
ePub

tura sorte de sua Monarchia, e das que lhe haviáo de succeder, a dos Medos, Persas, o Gregos, notando-lhe até as divisões, que devião praticar-se entre os successores de Alexandre Magno, promete em fim a vinda do Reino dos ceos, isto he, do Messias, que devia comegar depois da destruição das sobreditas Monarchias, e estando ainda em pé o imperio dos Romanos, o que a historia nos demonstra verí. ficado na pessoa de Jesus Christo. Daniel diz assim : “ Nos dias daquelles reinados Deos sus», citará o reino do ceo, que jamais será des» truido. , Com effeito quando o imperio Romano se achava estabelecido sobre a ruina dos outros imperios, e a paz firmada em todo o orbe, e sendo Imperador Augusto, nasceo Jesus Chirsto ; começou sua pregação no imperio de Tiberio, e no mesmo imperio consumou o sacrificio pela salvagão do genero humano. S. Luc. C 2.e 3.0,

No Capitulo 7.0 Daniel expõe hum sonho prophetico, no qual vê de novo quatro Monarchias, que se succedem, debaixo da figura de quatro animaes, que se devorão consecutiva-. mente : este sonho teve lugar no 1.° anno do reinado de Balthassar, 4331 do mundo, 560 antes de Christo : depois vê descer sobre nuvens O Filho do homem, (Jesus Christo, que assion se appellidava frequentemente) ao qual Deos en

n

[ocr errors]

.

tregou o poder, a gloria, o reino ; e a qucm servirão todos os povos, tribus, e linguas : cujo poder he eterno, e jániais lhe será tirado , nem o seu reino terá fim. Aspiciebam ego in visione noctis, et ecce cum nubibus cæli quasi filius hominis veniebat , et usque ad antiquum dierum pervenit... et dedit ei potestatem , et honorem, et regnum : et omnes populi , tribus , et linguae ipsi servient : potestas ejus potestas aeternal ,' quae non auferetur : et regnun ejus quod non corrumpetur. " Responda Porphyrio , diz S. Jeronimo, a que homem podem convir estes predicados , e quem he este tão poderoso ?,,

No capitulo 9. marca o tempo, em que eleve começar o Reino dos Santos e do Filho do homem, de que fallou no cap. 7.2 e diz , que lendo Jeremias vio que a, desolação de Jerusalem não devia durar, senão 70 annos, e que por consequencia, o captiveiro de Babylonia hia a accabar: este facto succedeo no 1.o anno do reinado de Dario , filho de Assuero da raca dos Reis dos Medos, que imperou na Chaldea som in anno primo Darii filii &c. ; no anno do mundo 4335 antes de Christo 556. Daniel pede instantemente a Deos . o cumprimento de sua palavra. O Anjo Gabriel enviado para o instruir lhe ensina, que estes 70 annos“ são o compendio ,de 70 semanas de annos, que dizem respeito » ao seu povo, e á Cidade Santa , para pôr. », fim as prevaricacões, e ao peccado, extin„ guir a iniquidade, fazer nascer a justiga eter„, na, completar as visões, e as prophecias, e ,, ungir o Santo dos Santos, ou o Santo por ,, excellencia. Sabe , acrescenta o Anjo , e adver

te, que desde o decreto para se tdificar Je„ rusalem segunda vez até Christo, chefe do ,, povo, hão-de decorrer sete semanas, e ses,, senta e duas ; e serão reedificadas em pouco » tempo as praças publicas, e os muros. De, pois das sessenta o duas semanas será morto ,, Christo : e não será delle o povo, que o ha,, de negar. E o povo com o chefe, que ha», de vir, destruirá a Cidade e o Sanctuario, ,, e a guerra accabará por huma devastacio e 99 assolação total. Durante huma semana a al. » lianga será concluida com muitos ; no meio ,, desta semana cessarão as victimas, e os sa,, crificios, será posta no Templo a abominação », da desolação, e esta desolação durará até a » fim e consumação de tudo.,, . Tanto o Paraphrasta Chaldeo, como os antigos Doutores Judeos, e Christáos intenderio por Christo, chefe do povo, o Messias „.ou Jesus Christo, e todos concordárão sempre em que esta prophecia marca o tempo, no qual elle devia chegar. Só ao Messias quadra o attributo de Santo dos Santos, só a elle compete o fozer cessar os peccados, apogar as iniquidades,

ICO

fazer reinar a justiça, e completar as prophe. cias. Igualmente convem todos em que as semanas, de que falla Daniel são semanas de annos, pois que 70 annos do captiveiro do povo.

de Deos reprezentaváo em compendio as 70 se- manas do captiveiro do genero humano, do qual seria remido polo Messias ; ora 70 semanas de annos sio 490 annos, findos os quaes deveria ser destruida Jerusalem, e o templo para nunca muis se reedificarem. O Anjo fixa logo a epo: cha, na qual se devem principiar a contar as 70 seinanas, ou os 490 annos ; e vem a ser desde o decreto , .que permitia a reedificação de Jerusalem.

. Ora houve trez decretos a este respeito promulgados pelos Reis da Persia : o 1. O foi concedido por Cyro a Esdras, e lhe permitio reedificar o templo: o 2.0 por Dario Histapes no quarto anno do seu reinado, que consente accabar este edificio, cuja construccão tinha sido interrompida : 0 3. • foi concedido a Nehemias por Artaxerxes Longimano no vigesimo anno do seu reinado, e permite aos Judeos reedificar os inuros de Jerusalem. Este ultimo le o edicto, que teve em vista o Propheta, porque faila na recdificazio dos muros e pracas de Jerusalem , e diz que serião restabelecidos in angustia temporum --- em poucos dias, e com effeito os mul'os forão acabados em 62 dias.

Contando pois desde o anno vigesimo do reinado de Artaxerxes até o quinto anno depois da morte de Jesus Christo, achamos 490 annos, ou 70 semanas de annos : porqne no ultimo anno da Olympiada 77 Themistocles desterrado da sua patria escreveo a Artaxerxes, tendo já morrido Xerxes, como attesta Thucidides, escriptor coævo: logo o vigesimo anno do reinado de Artaxerxes vem a cahir perto do 'fim da Olympiada 81. Daqui até o nascimento de Jesus Christo decorrerão 453 annos, ajuntando a estes 30, que se passarão até o baptismo do Salvador, ou principio de sua vida publica , isto he, até o anno 15 do imperio de Tiberio, sommão 483 annos, ou 69 semanas Perto do anno 4. O da ultima semana foi morto Jesus Christo : e depois de completas as 70 se- . mas foi de todo arruinada Jerusalem e seu Templo, e os Judeos dispersos até hoje, ha mais de 18 seculos. Ainda que nos não podessemos ajustar exactamente o numero dos annos com os acontecimentos, nem resolver, todas as dif

ficuldades da Chronologia, concluiriamos não ..obstante com a mesma evidencia que o Messias já veio ha mais de 1800 annos, e que este foi Jesus Christo: porque em vida do Salvador não podia ignorar-se a epocha precisa da reédificação dos muros de Jerusalem por Nehemias, e elle mesmo diz (S. Math. c. 24. v.

« PoprzedniaDalej »